Economía

Meghan foi ao Ellen DeGeneres falar de política — e volta a quebrar o protocolo real

Operation Underground Railroad Movie
Premier League renueva sus derechos televisivos con NBC Sports hasta 2028

A família real britânica deve, em regra, manter-se afastada da esfera política, evitando dar a sua opinião sobre vários assuntos, sobretudo os considerados mais fracturantes. Tudo para manter a imparcialidade que a monarquia constitucional requer. No entanto, a duquesa de Sussex, a ex-actriz norte-americana Meghan Markle , tem vindo a revelar o apoio incondicional aos planos de implementar uma licença parental remunerada, incluída na proposta de lei Build Back Better de Joe Biden, que prevê um investimento na educação, saúde e no combate às alterações climáticas

A família real britânica deve, em regra, manter-se afastada da esfera política, evitando dar a sua opinião sobre vários assuntos, sobretudo os considerados mais fracturantes. Tudo para manter a imparcialidade que a monarquia constitucional requer. No entanto, a duquesa de Sussex, a ex-actriz norte-americana Meghan Markle , tem vindo a revelar o apoio incondicional aos planos de implementar uma licença parental remunerada, incluída na proposta de lei Build Back Better de Joe Biden, que prevê um investimento na educação, saúde e no combate às alterações climáticas.

Problema : o pacote legislativo não só não reúne o apoio dos republicanos como tem o chumbo de alguns com assento na ala progressista da Câmara dos Representantes, o que obrigou Nancy Pelosi, presidente da Câmara dos Representantes, a adiar o momento da votação da proposta , que tem um custo de um bilião de dólares (milhão de milhões, trillion nos EUA).

“Penso que as pessoas se esquecem, ou nem sequer sabem, que este país é um dos seis únicos países do mundo — e a única nação rica do mundo inteiro — que não confere nem tem um programa federal de licenças [parentais] remuneradas “, contextualizou Meghan durante a entrevista no programa da manhã  The Ellen DeGeneres Show . A duquesa de Sussex renovou assim o apelo para “colocar as famílias acima da política”.

“Toda a gente sabe, especialmente se teve um filho e mesmo se não teve, como é difícil e crítico nas primeiras semanas, ou mesmo meses, estarmos juntos como uma família”, sublinhou. “Como mãe de dois filhos, farei tudo o que estiver ao meu alcance para garantir que podemos implementar isso.”

Em Outubro, Meghan escreveu uma carta aberta dirigida ao líder da ala democrata do Senado, Chuck Schumer, e a Nancy Pelosi em que defendia uma legislação que preveja uma licença parental remunerada  universal. Apesar de se ter dirigido apenas aos democratas, a duquesa esclareceu que “não se trata de direita ou esquerda, trata-se de certo ou errado”, tentando pôr travão a quem a acusa de estar, mais uma vez, a quebrar o protocolo real .

No entanto, a ex-actriz, que ainda descreveu a Ellen o quão felizes ela e Harry são na Califórnia — “O estilo de vida, o clima é bastante bom”, referiu —, não está isolada no que toca a tomar posições políticas: a princesa Diana foi criticada por fazer campanha contra a utilização de minas terrestres; a princesa Ana arranjou forma de fugir ao aperto de mão com Donald Trump ; e Carlos, o primeiro na fila para usar a coroa britânica , não se coíbe de defender uma série de causas, nomeadamente a defesa dos agricultores face à exploração perpetrada pelas grandes superfícies comerciais.

A ida de Meghan ao The Ellen DeGeneres Show marcou a primeira vez que a duquesa compareceu num talk show , em directo, desde que o seu casamento com o príncipe Harry foi anunciado , tendo escolhido precisamente um que está prestes a terminar, e envolto em alguma polémica .

O programa matinal da humorista norte-americana, no ar desde 2003 e por onde passou a maior parte das celebridades e personalidades americanas e não só, está na sua 19.ª e última temporada . O fim do programa surgiu depois de vários ex-trabalhadores terem acusado a produção de criar um ambiente conflituoso, dizendo-se vítimas de racismo ou de intimidação por parte de alguns elementos da equipa do programa. A própria anfitriã foi acusada de ter maltratado trabalhadores e até convidados.